quinta-feira, 19 de março de 2009

Durão Barroso candidata-se novamente à Presidência da Comissão Europeia

Após presidir à Comissão Europeia por um período de 5 anos, que se pautou pela luta e vinculação dos Estados Europeus em relação à preservação das condições climáticas e à tentativa de aprovação de uma Constituição Europeia, Durão Barroso reuniu o apoio do PPE- Federação Europeia dos Partidos Conservadores/Democratas Cristãos, família política a que pertence o PSD, de forma a levar a cabo a sua recandidatura à Comissão Europeia.


Visto que nas próximas eleições Europeias tudo indica que o PPE mantenha a maioria parlamentar no parlamento Europeu, é quase seguro que Durão Barroso, ex Primeiro-Ministro Português, volte a ser o eleito para continuar a liderar o rumo da Europa.


É portanto, motivo de satisfação para todos os Portugueses ter um Português num lugar de destaque como este, bem como revela o bom desempenho que Durão Barroso demonstrou no exercício das suas funções ao longo destes últimos anos.

2 comentários:

Nuno disse...

É, indubitavelmente, motivo de satisfação - e quiçá de orgulho- para todos Nós ter um português num lugar honroso. Nao obstante tal feito, a verdade é que nos abandonou num período extremamente crítico...
Ai cherne cherne...

Gonçalo disse...

Não vejo porque será motivo de orgulho. Além de em nada ser vantajoso para Portugal, a escolha de Durão apenas se explica pelo facto de ser oriundo de um pequeno país, sem expressão ao nível das grandes decisões europeias, e, como tal, opção que mais facilmente reúne consenso entre as grandes potências europeias, pois a França não aceitaria um alemão, ou o Reino Unido, um francês, por exemplo.
Mal vai a Europa quando não tem mais ninguém para um cargo tão importante, a não ser alguém que viu na UE o pretexto ideal para abandonar o barco quando as coisas estavam mal e que ficará eternamente ligado à vergonhosa Guerra do Iraque, pela forma cúmplice e subserviente como recebeu os mais importantes lideres mundiais na deplorável Cimeira dos Açores.